Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Redes sociais agitam anúncios do Super Bowl, os mais caros do mundo

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - Neste domingo, cerca de 180 milhões de americanos vão estar frente às televisões, acompanhados de cerveja e asas de frango, para ver ao longo de quatro horas os comerciais que interrompem a final de futebol americano, o Super Bowl.

Serão cerca de 30 marcas - desde carros de luxo a detergentes - que pagarão cerca de 3,8 milhões de dólares (2,8 milhões de euros) por 30 segundos de fama para estarem no confronto entre a equipa de Baltimore Ravens e dos San Francisco 49ers, em Nova Orleães.

Algumas das marcas já lançaram os seus anúncios na íntegra no YouTube para saberem da recetividade, enquanto que outras têm publicado 'teasers' na internet. É que as próprias marcas aproveitam o evento para colocarem o que de melhor se faz em publicidade criando uma aura de suspense para terem o retorno efetivo do investimento, o mais alto do mundo.