Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Recuo do Brasil na taxa de importação de vinhos "é boa notícia para Portugal" -- enóloga Quinta da Alorna

Lusa

  • 333

Maputo, 24 out (Lusa) - O recuo do Brasil na imposição de uma sobretaxa aos vinhos importados "é uma boa notícia para Portugal", pois o país tem um "enorme peso" nas exportações portuguesas, defendeu hoje Marta Simões, enóloga da Quinta da Alorna.

As autoridades brasileiras puseram termo a estudos que visavam a aplicação de medidas de salvaguarda a vinhos importados, decisão que levou o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, a afirmar que este recuo protege os 29 milhões de euros que o país arrecada em exportações de vinho para o Brasil.

"São 29 milhões de euros de exportações que ficam defendidos", disse o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros durante uma curta declaração terça-feira em Lisboa, em que não aceitou responder a questões que não se relacionassem com a questão dos vinhos.