Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Recuo brasileiro em relação a vinhos importados defende 29 milhões de euros de exportações - Paulo Portas

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) -- O ministro dos negócios Estrangeiros, Paulo Portas, disse hoje que 29 milhões de euros "ficam defendidos" com o fim da investigação brasileira para a eventual aplicação de medidas de salvaguarda a vinhos importados.

"São 29 milhões de euros de exportações que ficam defendidos", disse o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros durante uma curta declaração em Lisboa, em que não aceitou responder a questões que não se relacionassem com a questão dos vinhos.

De acordo com Paulo Portas, aquelas medidas, caso fossem aplicadas, teriam "pesadas consequências" para a exportação dos vinhos portugueses para o Brasil.