Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reclusos ultrapassam os 13.500 em 2012, valor mais elevado desde 2004

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) -- O número de reclusos nas prisões portuguesas ultrapassou os 13.500 em 2012, atingindo o valor mais elevado dos últimos oito anos, segundo as várias estatísticas da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Dados da DGRSP indicam que 13.504 reclusos estavam detidos nas prisões portugueses a 31 de dezembro de 2012, significando um aumento de 6,4 por cento da população prisional em relação a 2011.

As estatísticas, disponíveis na página da Internet da DGRSP, referem que no último ano entraram mais 823 reclusos para as prisões portugueses.