Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Receitas de gás de norte-americana Anadarko poderão duplicar o PIB de Moçambique

Lusa

  • 333

Maputo, 02 nov (Lusa) - A empresa norte-americana Anadarko prevê vir a produzir 50 milhões de toneladas de gás natural liquefeito, no seu projeto do Niassa, norte de Moçambique, cujas receitas poderão duplicar o Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Com esse valor, Moçambique poderá ser o terceiro maior produtor mundial de gás natural, atrás do Qatar e da Austrália.

"Fizemos uma massiva descoberta em Moçambique", disse, em Londres, o porta-voz da Anadarko, John Christiansen, em declarações à Agência de Informação de Moçambique (AIM).