Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rebeldes árabes e tuaregues no Mali suspendem negociações com Governo

Lusa

  • 333

Ouagadougou, 27 set (Lusa) - Os rebeldes árabes e tuaregues que controlam o norte do Mali anunciaram, esta quinta-feira, a suspensão das negociações com o governo de Bamako, um contratempo na esperança de uma paz duradoura naquela região.

O diferendo entre as partes está centrado no futuro estatuto da região norte do Mali que os tuaregues designam por 'Azawad': Os rebeldes procuram a autonomia, algo que o governo central não pretende discutir.

"Após diversas dificuldades na implementação do acordo de Ouagadougou, provocado essencialmente pelo falhanço do governo do Mali em cumprir os seus compromissos", os grupos rebeldes tuaregues e árabes "decidiram suspender a participação na estrutura criada pelo acordo referido", sublinham num comunicado conjunto, citado pela AFP.