Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Realizadora Mariana Gaivão diz que prémio em festival canadiano é "forte incentivo para filmar"

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 out (Lusa) - A realizadora portuguesa Mariana Gaivão, vencedora de um prémio no Festival Internacional do Cinema Novo de Montreal, no Canadá, afirmou hoje à agência Lusa que a distinção é "um forte incentivo a continuar a filmar".

A cineasta lisboeta obteve, no passado sábado, o "Lobo de Prata", atribuído à melhor curta-metragem da seleção internacional do certame canadiano, com o primeiro filme, "Solo".

"Este prémio é para mim um reconhecimento muito importante e um forte incentivo a continuar a filmar, especialmente quando nunca foi tão difícil fazê-lo", disse Mariana Gaião, entretanto regressada a Portugal.