Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ranking hospitalar é "interessante", mas acrescenta "pouco ou quase nada" - Bastonário dos Médicos

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 dez (Lusa) -- O bastonário da Ordem dos Médicos considerou hoje "interessante" a realização de rankings hospitalares, mas defende que estes "acrescentam muito pouco ou quase nada a uma informação fidedigna e bem fundamentada" sobre o desenvolvimento da saúde em Portugal.

José Manuel Silva falava à Agência Lusa a propósito da divulgação hoje do mais recente ranking dos hospitais públicos portugueses, uma avaliação da Escola Nacional de Saúde Pública que coloca o Hospital São João (Porto) na liderança, seguido do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e do Centro Hospitalar de Lisboa Norte (hospitais de Santa Maria e Pulido Valente).

O bastonário dos médicos entende que a efetivação destes rankings das instituições de saúde públicas é, por princípio, "salutar", mas observou contudo que "enfermam de muitas dificuldades e grandes fragilidades".