Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ramos-Horta diz que sacrifício do ataque em 2008 de que foi vítima parou violência em Timor-Leste

Lusa

  • 333

Díli, 11 fev (Lusa) -- O ex-Presidente de Timor-Leste José Ramos-Horta disse hoje à agência Lusa que o ataque de que foi vítima em 2008 serviu para parar a violência no país.

"Se o sacrifício quase supremo que me foi imposto valeu de alguma coisa, valeu no sentido em que a partir daquela hora em que a notícia correu todo o mundo, e todo o Timor-Leste, de que eu fui ferido, a violência parou até hoje", afirmou José Ramos-Horta.

A 11 de fevereiro de 2008, José Ramos-Horta foi atacado à porta de casa tendo sido atingido por duas balas, uma das quais no estômago.