Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ramos-Horta acredita em eleições na Guiné-Bissau até ao final do ano

Lusa

  • 333

Adis Abeba, 27 jan (Lusa) -- O representante do secretário-geral da ONU para a Guiné-Bissau, José Ramos-Horta, manifestou-se convicto de que as eleições naquele país podem realizar-se até ao final do ano.

Em declarações feitas aos jornalistas no sábado à margem da 20.a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, que hoje começou em Adis Abeba, Ramos Horta adiantou ter informações que a situação política evoluiu positivamente na Guiné-Bissau, existindo um clima de diálogo para um acordo abrangente.

O ex-presidente e primeiro-ministro de Timor-Leste realçou que deve ser a Guiné-Bissau a decidir se existem ou não condições para realizar eleições.