Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus quer candidatar sistemas climático e oceânico a património da humanidade

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 16 jan (Lusa) -- A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, anunciou hoje que pretende submeter uma candidatura à UNESCO para transformar os sistemas climático e o oceânico em novos tipos de património da humanidade.

"Temos o objetivo de submeter uma candidatura à UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para a criação de um novo tipo de património da humanidade: o sistema climático e o sistema oceânico", disse à Lusa Paulo Magalhães, da Quercus, à margem da conferência internacional "Condomínio da Terra -- Um novo património para uma nova economia", que arrancou hoje no Parque Biológico de Gaia.

Paulo Magalhães, responsável da Quercus pelo projeto "Condomínio da Terra", explicou que os sistemas climático e o oceânico "estão para lá dos espaços geográficos da soberania dos Estados" e defendeu que é "preciso organizar a vizinhança global" e "saber o que é comum".