Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quercus apoia suspensão de pesticidas que afetam abelhas, mas aponta limitação

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) - Os ambientalistas da Quercus ficaram satisfeitos com a decisão da Comissão Europeia de suspender a utilização de um grupo de pesticidas que afetam as abelhas, mas lembram que são abrangidas somente as culturas visitadas por este inseto.

A Quercus "considera positivo o que se passou, uma vez que temos de experiência que é bastante difícil passar estas proibições e, mesmo assim, não foi fácil, Portugal e outros países votaram contra a proibição destes pesticidas", disse hoje à agência Lusa Ricardo Marques.

O técnico da associação ambientalista salientou que "foi positivo", mas frisou que "esta proibição tem algumas limitações, ou seja, foram só proibidos nas culturas visitadas por abelhas".