Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quem visita Serralves vai ver mais do que um museu, revela estudo de públicos

Lusa

  • 333

Porto, 08 mai (Lusa) - Um estudo de público encomendado por Serralves, que será apresentado hoje à noite, revela que mais de metade dos frequentadores visita a instituição não só para ver arte contemporânea, mas também para desfrutar o espaço "como um todo".

São 54,6% os que revelam esta preferência, o que vem dar mais valor a um conjunto que, para além do Museu de Arte Contemporânea, tem valências como o Parque, a Casa ou a Quinta. O parque, aliás, é apresentado como o espaço mais frequentado (88,2%) seguido das exposições (80,3%) e de Serralves em Festa, uma iniciativa de sucesso, com 66,3% a afirmar já ter vindo a um evento que só dura 40 horas.

O estudo, encomendado à Porto Business School da Universidade do Porto, revela que o visitante tipo de Serralves é jovem (cerca de 70% entre os 16 e os 45 anos), licenciado (79,6%), trabalha por conta de outrem (36,7%) ou é estudante (19,5%) e também costuma frequentar a Casa da Música (78,3%).