Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Quem tem medo do povo não tem o direito de cumprir as missões importantes" - Mário Soares

Lusa

  • 333

Alenquer, 05 out (Lusa)- O ex-presidente da República Mário Soares afirmou hoje em Alenquer que "quem tem medo do povo não tem o direito de cumprir as missões importantes que lhes foram conferidas", referindo-se à mudança de local das comemorações do 5 de Outubro.

"Quem tem medo do povo não tem o direito de cumprir as missões importantes que a alguns foram conferidas. Foi por isso que não estive presente [em Lisboa] e é por isso que me esforcei para vir hoje aqui [a Alenquer] a convite do nosso secretário-geral exatamente para vos dizer que vamos continuar e que aqueles que têm medo do povo ficarão para trás e serão destruídos", disse o histórico socialista no final da intervenção no jantar de comemoração do 5 de Outubro, que juntou cerca de dois mil militantes e simpatizantes do PS.

"Quem tem medo, compra um cão", vincou o antigo Presidente da República, referindo-se à decisão de alterar o local das tradicionais comemorações do 5 de Outubro, que este ano foi assinalado no Pátio da Galé, uma decisão que considerou ser "lamentável".