Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Queixa contra Mourinho colocar dedo no olho de Vilanova chega ao TC

Lusa

  • 333

Madrid, 29 jul (Lusa) -- A queixa apresentada por um escritório de advogados contra José Mourinho, considerando que este cometeu um delito publico quando meteu um dedo no olho do então treinador-adjunto do FC Barcelona Tito Vilanova chegou ao Tribunal Constitucional (TC).

No jogo da segunda mão da Supertaça de Espanha, disputado a 17 de agosto de 2011, em Camp Nou, o então treinador do Real Madrid meteu um dedo no olho de Tito Vilanova.

Mourinho foi sancionado com dois jogos e Vilanova com um, ainda que nenhum dos dois tenha cumprido castigo, ao serem amnistiados, posteriormente, pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Angel Maria Villar.