Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Queda da ponte na ilha cabo-verdiana da Boavista é "um ato concreto de corrupção" - oposição

Lusa

  • 333

Cidade de Sal-Rei, Cabo Verde, 25 jan (Lusa) - A queda de uma ponte na ilha cabo-verdiana da Boavista, na sequência das fortes chuvadas de setembro de 2012, é um "ato concreto de corrupção" em Cabo Verde, disse o vice-líder da oposição.

O vice-presidente do Movimento para a Democracia (MpD), Jorge Santos, de visita à ilha da Boavista, comentava os resultados do inquérito governamental ao incidente que provocou também a morte a dois cidadãos guineenses que, na sequência da queda da ponte, tentaram atravessar a Ribeira d'Água, sendo levados pela enxurrada.

Jorge Santos, citado pela Infoprpress, disse que o relatório retrata "a irresponsabilidade e incompetência" do Governo e dá "pistas para a existência de corrupção" em Cabo Verde, sendo este "um ato concreto" afirmou Jorge Santos, reivindicando que o MpD tem denunciado "ilegalidades e falta de transparência na gestão das infraestruturas" no país.