Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quatro militares da GNR de Vila do Conde detidos por suspeita de abuso de poder, peculato e corrupção

Lusa

  • 333

Porto, 06 nov (Lusa) -- Quatro militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) do Posto Territorial de Vila do Conde foram hoje detidos por suspeita de "crime de abuso de poder, peculato e corrupção", informaram fontes da Polícia Judiciária (PJ) e da GNR.

A investigação policial da PJ, iniciada em maio de 2011 e com a "estreita" colaboração da GNR, foi desencadeada após a deteção de "comportamentos ilícitos por parte dos militares", lê-se no comunicado de imprensa que a GNR enviou à comunicação social.

A deteção dos comportamentos ilícitos foi feita pelo comandante do Destacamento Territorial de Matosinhos, que "participou os factos à autoridade judicial", acrescenta a mesma nota de imprensa.