Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quatro detidos na posse de metralhadoras ficam em prisão preventiva

Lusa

  • 333

Loures, 18 jan (Lusa) -- Os quatro homens detidos na posse de três metralhadoras e suspeitos de vários roubos à mão armada ficaram em prisão preventiva, depois de presentes hoje a primeiro interrogatório judicial, disse fonte policial à agência Lusa.

Os três portugueses e um estrangeiro foram hoje presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Loures, tendo a juíza de instrução criminal decretado a prisão preventiva de todos os suspeitos.

Os quatro homens, com idades entre os 25 e os 44 anos, foram detidos na zona de Rio Maior na posse de três armas de guerra, uma metralhadora HKG36 com 30 munições, uma metralhadora tipo UZI com carregador e uma AK47 ('kalashnikov') com o carregador municiado.