Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quatro construtores japoneses de automóveis chamam mais de 3 milhões de carros à revisão

Lusa

  • 333

Tóquio, 11 abr (Lusa) -- Mais de 3,39 milhões de veículos produzidos pelos maiores construtores japoneses de automóveis vão ser chamados às oficinais das marcas para resolver um problema no 'airbag' do passageiro da frente, revelou hoje fonte oficial japonesa.

"Quatro produtores submeteram relatórios ao Governo salientando que irão chamar os proprietários de 731.000 carros face a problemas no 'airbag'", explicou o Ministério japonês dos transportes

O problema, nas marcas Toyota, Nissan, Honda e Mazda, é proveniente do 'airbag' do passageiro da frente, fabricado pela empresa japonesa Takata e utilizado nos veículos produzidos entre 2000 e 2004.