Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pyongyang renova ameaça de encerrar Kaesong e culpa Presidente da Coreia do Sul

Lusa

  • 333

Seul, 11 abr (Lusa) - A Coreia do Norte renovou hoje a ameaça de encerrar, a título permanente, o complexo industrial de Kaesong, justificando o ato com as políticas de "confrontação" da nova Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye.

Pyongyang anunciou, no início desta semana, a retirada dos seus 53.000 trabalhadores que trabalham para as mais de 120 empresas sul-coreanas e a suspensão das operações no parque industrial de Kaesong, único projeto conjunto com Seul, que tem sido usado como 'peão' num jogo cada vez mais perigoso entre Pyongyang, Seul e Washington.

A Presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, empossada no final de fevereiro, considerou a ação "muito dececionante", advertindo a Coreia do Norte que tal ação terá um grave impacto na confiança de futuros investidores.