Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Público/Relvas: "ERC não está fragilizada, nem nunca foi instrumentalizada" - Carlos Magno

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jul (Lusa) - O presidente da Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) defendeu hoje que o órgão não está fragilizado, nem foi instrumentalizado no caso que envolveu o jornal Público e o ministro Miguel Relvas.

Carlos Magno falava na comissão para Ética, Comunicação e Cidadania, no âmbito de um requerimento feito pelo Bloco de Esquerda (BE) para ouvir o regulador sobre o processo que opôs o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, e o jornal Público.

Carlos Magno prescindiu dos 10 minutos que tinha para fazer uma introdução, sublinhando que "a ERC não está fragilizada, nem nunca foi instrumentalizada, nem será no futuro", enquanto liderar o órgão.