Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS/Santo Tirso: Eleições concelhias adiadas, Castro Fernandes diz que decisão é "chocante"

Lusa

  • 333

Porto, 01 jun (Lusa) -- O candidato à concelhia do PS/Santo Tirso Castro Fernandes considerou "chocante" a decisão da comissão federativa de jurisdição de adiar as eleições, marcadas para sábado, depois da queixa do seu opositor Joaquim Couto relativamente à recusa de 82 novos militantes.

Em comunicado enviado à Agência Lusa, o presidente da Câmara de Santo Tirso e candidato à concelhia, Castro Fernandes, disse ter sido "notificado hoje de madrugada, pelas 02:00, de que a Comissão Federativa de Jurisdição tinha decidido, minutos antes, adiar as eleições para a Comissão Política de Santo Tirso" agendadas para sábado.

"Trata-se de uma decisão chocante, tomada numa reunião surpresa e sem precedentes na vida interna do PS, com o único objetivo de criar uma manobra dilatória para que 82 militantes inscritos à revelia dos estatutos possam votar para as eleições da concelhia de Santo Tirso", denuncia.