Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PSP de Viseu identificou duas mulheres em investigação de processo de lenocínio

Lusa

  • 333

Viseu, 27 fev (Lusa) -- A PSP de Viseu anunciou hoje ter identificado duas mulheres no âmbito de um processo de investigação relativo à prática do crime de lenocínio, na Quinta do Grilo, um bairro residencial da cidade que é conhecido como zona de prostituição.

Em comunicado, o comandante da PSP de Viseu, Victor Rodrigues, refere que, no âmbito da investigação que decorre há cerca de cinco meses, na terça-feira à tarde foram executados mandados de busca e apreensão em duas "residências associadas à prática da atividade de prostituição", uma em Viseu e outra em Mangualde.

Na casa de Viseu foram identificadas duas mulheres, "uma das quais vive maritalmente com o proprietário dos imóveis buscados", e que confirmaram dedicar-se à prostituição. Uma delas foi notificada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para abandonar Portugal, uma vez que se encontrava em situação irregular.