Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PSD respeita decisão de pedir fiscalização do Orçamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 jan (Lusa)- O PSD disse hoje respeitar a decisão do Presidente da República de enviar o Orçamento para 2013 para o Tribunal Constitucional (TC) e concordar com "a imperiosa necessidade de continuar a consolidação orçamental sem descurar o crescimento".

Num comentário, sem direito a perguntas, ao discurso de ano novo do Presidente da República, o secretário-geral social-democrata afirmou que o PSD acompanha Aníbal Cavaco Silva nas "preocupações manifestadas" e defendeu ser "importante" que todos possam refletir "no que foi feito em 2012, para que em 2013" possam "trilhar um caminho" que coloque o país "mais perto da resolução da crise".

José Matos Rosa disse que o partido respeita, "como é óbvio, a decisão do senhor Presidente de suscitar a análise" do Orçamento pelo Tribunal Constitucional, mas "tal como [Cavaco Silva] referiu, é da maior importância que o país tenha disponível a partir de hoje" o "mais importante instrumento de política económica de que dispõe".