Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PSD: Passos Coelho "procurou justificar estampanço" da sua política - PCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 ago (Lusa) - O PCP considerou hoje que o primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, "procurou justificar o estampanço da sua política", num discurso "de costas voltadas para o país".

Comentando a intervenção de Passos Coelho na "rentrée" política do PSD, no Algarve, Rui Fernandes, membro da Comissão Política do PCP, disse à agência Lusa que se tratou do "discurso de alguém que procurou justificar o estampanço da sua política, como bem revela o aumento do desemprego, o aumento da recessão, a destruição de milhares de empresas".

Para o dirigente comunista, foi "um discurso de costas voltadas para o país, de alguém amarrado a um pacto de agressão".