Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PSD-M vai suscitar inconstitucionalidade de despacho das comparticipações desportivas

Lusa

  • 333

Funchal, 17 jan (Lusa) - O grupo parlamentar do PSD-Madeira anunciou hoje que vai requerer que a Assembleia Legislativa desta região suscite a questão da ilegalidade e inconstitucionalidade do despacho que define as comparticipações do Estado nas deslocações desportivas.

"Este novo despacho - publicado a 08 de janeiro - não traz nada de novo para os atletas e clubes desportivos da Madeira, que lamentavelmente continuam a ser ignorados, excluídos, discriminados, penalizados e tratados sectariamente pelo Governo central, porque Estado continua a negar o pagamento das viagens desportivas aos atletas e equipas madeirenses que disputam campeonatos nacionais", disse a deputada social-democrata madeirense Vânia Jesus em conferência de imprensa.

Por isso, o "grupo parlamentar do PSD-M vai requerer que a Assembleia Legislativa da Madeira suscite a ilegalidade e inconstitucionalidade deste despacho", declarou a parlamentar.