Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS estará mal se começar a fatiar a História em função de conveniências - António Costa

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 fev (Lusa) - O dirigente socialista António Costa recusou hoje que o PS fatie a sua História em função de conveniências e defendeu que a liderança do partido tem de mobilizar os melhores e não excluir ninguém.

Estas posições foram assumidas pelo presidente da Câmara de Lisboa numa entrevista à TVI, na qual procurou desdramatizar as consequências de um eventual falhanço nas conversações com o secretário-geral do PS, António José Seguro, tendo em vista a criação de uma plataforma estratégica de unidade.

"A questão essencial é se há vontade para haver entendimento. Não há drama se não houver. O partido saberá resolver as divergências", declarou.