Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS estabelece "linha vermelha" no corte retroativo de pensões

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 out (Lusa) -- O Partido Socialista apresentou hoje três propostas para alteração do diploma relativo ao regime de convergência de pensões, estabelecendo como "linha vermelha" o corte retroativo, que representa "um ataque à própria confiança de cidadãos do estado".

"Para nós desde logo a linha vermelha é o corte retroativo de pensões neste diploma e portanto o PS obviamente apresenta uma proposta no sentido de revogar esse corte retroativo", referiu à Lusa o deputado socialista Pedro Marques, adiantando que as porpostas de alteração foram submetidas hoje ao parlamento.

Para o socialista, "nada justifica" o corte retroativo de pensões que representa "um ataque à própria confiança de cidadãos no Estado e em particular na Segurança Social".