Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS diz que sindicatos e patrões estão de acordo e defendem fim da austeridade

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 fev (Lusa) -- O Partido Socialista (PS), que terminou hoje a ronda de reuniões com os parceiros sociais, entende que tanto sindicatos como associações patronais concordam que é preciso parar a austeridade para crescer e criar emprego.

Depois das reuniões do secretário-geral do PS, António José Seguro, com os parceiros sociais, Eurico Brilhante Dias, secretário nacional do partido, disse aos jornalistas que há "uma clara lucidez e uma clara perceção da situação do país" por parte dos parceiros sociais.

"Esta lucidez chegou a ponto de percebermos que, quer entre sindicatos, quer entre associações patronais há uma convergência clara dos dois lados de que ou paramos a austeridade e nos focamos no crescimento e no emprego ou o país terá muitas dificuldades em sair da circunstância em que está", reiterou.