Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS diz que Lagarde, Barroso e Draghi admitiram, a custo, necessidade de apoiar crescimento

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 mar (Lusa) -- O Partido Socialista (PS) considera que os líderes do Fundo Monetário Internacional, da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu admitiram que são necessárias medidas para o crescimento nas respostas dadas a António José Seguro.

"O secretário-geral do PS obteve resposta de todos os responsáveis políticos da 'troika' e, embora lhes custe, lá foram admitindo que é necessário adotar medidas para o crescimento", afirma fonte da direção nacional do Partido Socialista, após receberem a última resposta dos líderes das três instituições que compõem a 'troika'.

A mesma fonte reclama no entanto que "é preciso mais" e que o partido "vai insistir no caminho alternativo e na defesa das suas propostas concretas para gerar riqueza e criar oportunidades de emprego".