Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS de Miranda do Corvo quer adversário do PSD fora da Metro Mondego

Lusa

  • 333

Miranda do Corvo, 24 mai (Lusa) -- O PS de Miranda do Corvo defendeu hoje que o líder do PSD local, Carlos Ferreira, deveria demitir-se da administração da Metro Mondego (MM), já que o Governo não retomou as obras no ramal ferroviário da Lousã.

Em novembro de 2012, Carlos Ferreira voltou a integrar a gestão da MM, alguns meses depois de ter renunciado ao cargo de administrador não executivo, demarcando-se da suspensão das obras na ferrovia, iniciadas em 2009.

Carlos Ferreira, "chefe de gabinete e marido da presidente da Câmara, Fátima Ramos (...), de forma injustificada e incoerente, voltou ao seu lugar de administrador" naquela sociedade, há meio ano, "afirmando ter voltado a acreditar na boa-fé do Governo" relativamente às obras, recordou hoje, em comunicado, o PS, cuja comissão política concelhia é liderada por Miguel Baptista.