Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS acusa Governo de infringir "mínimos salariais" em consulados de sete países

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 jan (Lusa) -- O deputado socialista Paulo Pisco acusou hoje o Governo de estar em "flagrante infração" das leis nacionais e internacionais sobre "mínimos salariais" nas representações consulares de "pelo menos sete países".

Na pergunta que hoje enviou ao ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, o deputado do PS eleito pelo Círculo da Europa afirma que Portugal está em "incumprimento dos contratos laborais" nas representações consulares de Luxemburgo, Suíça, Bélgica, Dinamarca, Brasil, Austrália e Israel.

O alegado desrespeito por "mínimos salariais que garantam uma existência condigna" coloca Portugal "sujeito a processos em tribunal" e "está a causar" danos na "imagem" do país, escreve o deputado.