Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS acusa Governo de fazer "propaganda barata" no combate ao desemprego

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 mar (Lusa) - O PS acusou hoje o Governo de fazer "propaganda barata" ao pretender responder a um milhão de desempregados com um programa de 200 mil euros, contrapondo que Portugal precisa de um contrato nacional de desenvolvimento social e económico.

A posição dos socialistas foi transmitida à agência Lusa pelo deputado Nuno Sá, depois de, em Cinfães, o ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, ter anunciado que o Governo espera, "ao longo dos próximos meses", fazer chegar ao terreno uma nova geração de Contratos Locais de Desenvolvimento Social vocacionados para combater o desemprego em zonas carenciadas.

"Vamos lançar um concurso, juntamente com as câmaras municipais e instituições sociais, para termos no terreno, ao longo dos próximos meses, cerca de 80 contratos locais de desenvolvimento social, que queremos que respeitem o espírito de trabalharem para a empregabilidade, ajudando à inclusão social", disse Pedro Mota Soares.