Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Providência cautelar interposta para impedir concessão de rede do Alqueva à EDIA

Lusa

  • 333

Beja, 08 abr (Lusa) - Duas organizações de agricultores anunciaram hoje ter interposto uma providência cautelar antecipatória contra o Ministério da Agricultura para impedir a celebração do contrato de concessão da rede secundária do Alqueva com a empresa gestora do projeto.

A providência cautelar foi interposta pela Federação Nacional de Regantes de Portugal (FENAREG) e pela Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA).

Num comunicado enviado à agência Lusa, a FENAREG e a FAABA consideram que a decisão do Governo de concessionar a rede secundária do Alqueva à Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) "contraria claramente a legislação em vigor".