Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Protocolo sobre vacinas em Gaia cria "problemas de equidade" - DGS

Lusa

  • 333

Porto, 08 fev (Lusa) -- A Direção Geral de Saúde alertou hoje para os "problemas de equidade" levantados pelo protocolo que a Câmara de Gaia e o hospital do concelho vão assinar para o fornecimento gratuito de vacinas excluídas do Plano Nacional de Vacinação.

Graça Martins, da Direção Geral de Saúde (DGS), criticou o "critério geográfico" do protocolo de cooperação com vista à entrega gratuita das vacinas Pneumocócica (contra a meningite) e Rotavírus (gastroenterite) para as crianças de Gaia nascidas em 2013.

Em declarações à Lusa, a responsável admite que a DGS terá de se pronunciar sobre o protocolo, que coloca "problemas de equidade" ao fornecer gratuitamente vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação apenas a um grupo de crianças.