Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Protocolo de 7,6 ME com Hospital da Cruz Vermelha por capacidade "insuficiente" do SNS

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 nov (Lusa) -- O Estado vai celebrar um protocolo com o Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa, no valor de 7,6 milhões de euros, por considerar que o Serviço Nacional de Saúde não tem "suficiente capacidade instalada" em áreas como cirurgia pediátrica cardiotorácica.

Num despacho hoje publicado em Diário da República, lê-se que a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) "procedeu à avaliação das necessidades para as quais o SNS não possui ainda suficiente capacidade instalada que permita conferir resposta às crescentes necessidades dos utentes" da região "em tempo adequado".

Esta avaliação revelou "indispensável a celebração de um acordo de cooperação com a CVP, nomeadamente nas áreas do rastreio da retinopatia diabética, do cancro da mama, da cirurgia pediátrica cardiotorácica, da oftalmologia, da ortopedia e da cirurgia vascular".