Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Proposta de renegociação dos juros da dívida "é uma farsa" que teria impacto mínimo - CDS

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) - A renegociação dos juros dos empréstimos da 'troika' teria um impacto muito limitado nas contas públicas e os partidos que defendem esta proposta associam-se a "uma farsa", disse hoje Adolfo Mesquita Nunes, deputado do CDS.

"É importante, para termos uma noção de quando se diz que reduzindo os juros da 'troika' se resolve o problema, que [os créditos da 'troika'] são só 30 por cento" do total da dívida portuguesa, disse Mesquita Nunes durante uma audiência ao ministro das Finanças, Vítor Gaspar, na comissão parlamentar de acompanhamento ao programa de assistência a Portugal.

"Mas vamos imaginar que conseguíamos renegociar ainda mais as taxas de juro, que passávamos [os juros dos empréstimos da 'troika'] para metade", prosseguiu o deputado centrista. "Daria menos de mil milhões de euros" em poupanças para o Estado, concluiu.