Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Proposta de Lei sobre compensação por despedimento coloca "em causa" acordo...

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 jan (Lusa) - O secretário-geral da UGT, João Proença, afirmou hoje que "é evidente" que o acordo da Concertação Social assinado aquando da entrada da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) em Portugal está "em causa".

Para João Proença, "é evidente que isso estará em causa", caso o Governo avance com a proposta de lei hoje apresentada na Assembleia da República sobre as compensações por despedimento dos trabalhadores, considerando que "se o Governo viola um dos pontos fundamentais do acordo, o acordo está denunciado pelo Governo".

O líder da União Geral de Trabalhadores (UGT) falava em Lisboa numa conferência de imprensa sobre a proposta de lei hoje apresentada no Parlamento e também sobre a mensagem de Ano Novo do Presidente da República, Cavaco Silva.