Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Projeto Places4All quer estimular o país a criar espaços acessíveis a todos

Lusa

Porto, 29 jan (Lusa) - Avaliar, classificar e dar informação sobre condições de acesso em espaços físicos é o desafio do Places4All, projeto apresentado hoje no Porto com a convicção de que a acessibilidade deve ser um "requisito e não uma adaptação".

Sejam pessoas com desafios de mobilidade, audição, visão, cognitivos ou de comunicação, quem tem necessidades especiais procura espaços que reúnam requisitos de acessibilidade para viajar, jantar ou fazer compras.

O Places4All, ou em português "espaços para todos", dispõe-se a fazer exatamente isso: avaliar espaços e divulgá-los, acabando por servir de "incentivo" a que outros lugares queiram "dar aquele passo na acessibilidade", conforme descreveu o fundador deste projeto de empreendedorismo social, Hugo Vilela.