Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Programa de reabilitação urbana de Lisboa terá 93 % das obras a mexer a partir de quarta-feira - Costa

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 jul (Lusa) -- O presidente da Câmara de Lisboa afirmou hoje que, se na reunião de câmara de quarta-feira se aprovar a adjudicação das obras propostas na ordem de trabalhos, o Programa Prioritário em Ações de Reabilitação Urbana (PIPARU) ficará quase todo no terreno.

O PIPARU foi criado em 2009, com um orçamento de cerca de 117 milhões de euros, para responder à "necessidade de intervenção prioritária na área da reabilitação urbana", e resultou de uma "inventariação e orçamentação das intervenções a considerar, nos domínios de reabilitação do edificado habitacional, dos equipamentos e dos espaços públicos".

O programa tem, ao longo dos anos, recebido críticas da oposição, que contesta as baixas taxas de execução dos projetos.