Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Programa Alimentar Mundial ainda precisa ajudar 600 mil sobreviventes nas Filipinas

Lusa

  • 333

Manila, Filipinas, 19 nov (Lusa) -- Cerca de 600 mil sobreviventes do tufão que afetou este mês as Filipinas ainda não receberam ajuda do Programa Alimentar Mundial onze dias depois do desastre, informou hoje a organização.

No âmbito deste programa, 1,9 milhões de pessoas já receberam arroz e biscoitos energéticos, disse a diretora-geral, Ertharin Cousin, em conferência de imprensa em Manila.

No entanto, de acordo com a estimativa inicial, nas regiões devastadas pelos ventos de mais de 300 quilómetros por hora e ondas de cinco metros, cerca de 2,5 milhões de pessoas necessitam de ajuda alimentar, acrescentou.