Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Profissionais de saúde atentos notificam mais casos de maus tratos infantis

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 dez (Lusa) -- Os serviços de saúde estão a notificar mais casos de maus tratos em crianças, sobretudo bebés, ao Instituto de Medicina Legal, revelando "um olhar mais atento e preocupado" dos médicos para estas situações, segundo uma responsável do INML.

"A nível das perícias [médico-legais] notamos que há uma maior procura por parte dos serviços dos hospitais que estão, cada vez mais, a detetar situações que outrora não detetavam", disse à agência Lusa a diretora da Delegação do Norte do Instituto Nacional de Medicina Legal (INML).

Teresa Magalhães explicou que esta situação não quer dizer que os casos não existissem, os profissionais é que não estavam "tão alertas" e tão orientados para o seu diagnóstico.