Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Professores gregos preparam greve em protesto contra 'mobilidade' e 'layoff'

Lusa

  • 333

Atenas, 10 set (Lusa) - Os professores gregos vão realizar uma série de greves de cinco dias, a partir da próxima segunda-feira, para protestar contra as transferências e 'layoff' exigidos pelos credores internacionais de Atenas.

O protesto, anunciado na noite de segunda-feira, surge numa altura em que as escolas de todo o país abriram para o arranque do novo ano letivo, depois das férias de verão.

O Ministério da Educação grego planeia recolocar cerca de 3.500 professores do ensino secundário de disciplinas designadas como não prioritárias (línguas estrangeiras, arte, música, teatro e tecnologias de informação) em escolas primárias ou em posições administrativas.