Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Professores de São Tomé e Príncipe mantêm greve por tempo indeterminado

Lusa

  • 333

São Tomé, 06 out (Lusa) - O Sindicato dos Professores e Educadores de São Tomé e Príncipe (Sinprestp) disse hoje que a paralisação dos professores dos vários níveis de ensino iniciada na quinta-feira está para durar.

"Nós vamos continuar em greve, mesmo que para isso tenhamos de passar fome. Essa é a decisão da maioria", garantiu o secretário-geral do Sinprestp, Gastão Ferreira depois de uma reunião entre o sindicato e os representantes dos núcleos sindicais da classe docente.

A reunião com os núcleos sindicais decidiu igualmente manter o caderno reivindicativo tal como foi entregue inicialmente ao Governo.