Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Professores de matemática avançam com providência cautelar contra Ministério

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 abr (Lusa) - A Associação dos Professores de Matemática revelou hoje que vai avançar com uma queixa ao Provedor de Justiça e uma providência cautelar contra o despacho do Governo que revoga o programa de matemática em vigor para o Ensino Básico.

No final do Conselho Nacional da Associação dos Professores de Matemática (APM), que hoje decorreu, em Lisboa, com a presença de uma centena de associados, a presidente da entidade, Lurdes Figueiral, indicou que este foi o principal tema em debate.

"Decidimos que a partir de segunda-feira serão desencadeados os processos para apresentar queixa ao Provedor de Justiça e a possibilidade de apresentar uma providência cautelar", disse a responsável.