Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Professor pedofilo será colocado num serviço longe de crianças - Ministério

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 mai (Lusa) - O professor acusado de pedofilia que segunda-feira se demitiu da direção de um agrupamento escolar de Odivelas será colocado num serviço longe de crianças, não regressando à escola onde dava aulas, revelou o Ministério da Educação.

O professor, que tinha sido condenado em 2006 a três anos de pena suspensa por crimes de pedofilia, foi escolhido no início do mês para presidente da Comissão Administrativa Provisória (CAP) de um agrupamento de escolas da Pontinha, concelho de Odivelas.

A notícia, avançada na semana passada pelo jornal Expresso, lançou o pânico no agrupamento, composto por 14 escolas, frequentadas por 2.800 alunos entre os três e os 18 anos.