Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Procuradoria espanhola apresentação recurso da declaração como arguida da infanta Cristina

Lusa

  • 333

Palma de Maiorca, Espanha, 05 abr (Lusa) -- O procurador anticorrupção espanhol Pedro Horrach apresentou hoje o seu recurso contra a declaração como arguida da filha do rei Juan Carlos, a infanta Cristina, no âmbito do processo que envolve o seu marido Iñaki Urdangarin.

Horrach formalizou o recurso na Audiência em Palma de Maiorca (Ilhas Baleares), onde decorre parte do processo conhecido como 'caso Nóos', que está a ser conduzido pelo juiz de instrução José Castro.

O recurso poderá adiar a declaração da infanta perante o juiz José Castro, que estava inicialmente prevista para o próximo dia 27 de abril. Cristina Federica de Borbón y Grecia foi declarada arguida na quarta-feira e convocada para depor perante o juiz José Castro, em Madrid, no próximo dia 27 de abril.