Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Procuradoria angolana deteve quatro por rapto e possível morte de opositores

Lusa

  • 333

Luanda, 13 nov (Lusa) - A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola anunciou hoje terem sido efetuadas quatro detenções relacionadas com o rapto e provável homícidio de dois ex-militares que procuravam organizar uma manifestação anti-governamental, segundo comunicado enviado à Lusa.

No documento, de oito pontos, a PGR angolana "apela à serenidade da sociedade em geral e reafirma o seu total engajamento no completo esclarecimento dos factos, para a realização da justiça".

Os dois desaparecidos, presumivelmente mortos, são Isaías Cassule e Alvesa Kamulingue, raptados na via pública nos dias 27 e 29 de maio de 2012 quando tentavam organizar uma manifestação de veteranos e desmobilizados contra o governo de José Eduardo dos Santos.