Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Procurador-Geral da Coreia do Sul apresentou demissão depois de casos de suborno e conduta sexual imprópria de funcionários do gabinete

Lusa

  • 333

Seul, 30 nov (Lusa) -- O Procurador-Geral da Coreia do Sul, Han Sang-dae, apresentou hoje a sua demissão depois de revelados uma série de escândalos entre os funcionários do seu gabinete, incluindo denúncias de subornos e conduta sexual "inapropriada".

"Como Procurador-Geral peço desculpas aos cidadãos pelo impacto e deceção", afirmou Han Sang-dae em declarações citadas pela agência Yonhap após este ter apresentado a renúncia ao cargo que ocupava desde julho de 2011 e que deveria prolongar-se até 2014.

O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, aceitou imediatamente a demissão do Procurador-Geral e disse que após a polémica, a Procuradoria necessita de um processo de reflexão.