Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Processo dos Khmers vermelhos prossegue com Nuon Chea, considerado apto para julgamento

Lusa

  • 333

Phnom Penh, 29 mar (Lusa) -- O ideólogo do regime cambojano dos Khmers vermelhos Nuon Chea, com 86 anos e julgado por genocídio, crimes de guerra e contra a humanidade, foi declarado apto a comparecer hoje perante o tribunal internacional de Phnom Penh.

A decisão foi tomada duas semanas depois da morte do antigo ministro dos Negócios Estrangeiros do regime de Pol Pot, Ieng Sari, que deixou o tribunal patrocinado pelas Nações Unidas com apenas dois acusados no processo de julgamento: Nuon Chea, e Khieu Samphan, antigo chefe de Estado cambojano sob o regime dos Khmeres vermelhos, atualmente com 81 anos, noticia a AFP.

Desde o início o processo, o tribunal criado em 2006 produziu apenas uma sentença: a prisão perpétua para "Douch", o dirigente da prisão de Phnom Penh à época.